• Ana Victória Favoreto

Como a Persona pode ajudar a sua empresa?

Atualizado: Mar 28

Saber para qual público seu produto se destina e como atingi-lo é essencial para o crescimento e fortalecimento de qualquer marca. Para isso, muitas empresas investem em pesquisas para descobrirem a sua Persona.


O marketing digital abriu portas para uma maior segmentação e obtenção de informações, assim, para atingir o consumidor ideal e entender suas necessidades a fim de criar campanhas mais eficientes e centradas no consumidor, tornou-se necessário uma percepção maior e mais precisa sobre ele. É aqui que a Persona surge.


Como e por que conhecer sua Persona


A Persona representa o consumidor ideal da sua marca, e nada mais é do que um perfil semi fictício baseado nos dados de seus clientes, coletados através de pesquisas. Apesar de ser uma representação fictícia, ela é baseada em dados reais de seus clientes.


Descobrir a Persona do seu negócio demanda pesquisa, na qual algumas perguntas importantes devem ser respondidas, como:

  • Quem é o seu potencial cliente?

  • Quais suas características físicas e psicológicas?

  • Quais suas atividades mais comuns, tanto na vida privada como profissional?

  • Quais são seus objetivos, desafios e obstáculos?

  • Como sua marca pode ajudá-lo?

  • Qual tipo de assunto ele consome sobre o seu setor e em quais veículos ele os consome?


Ao criar um perfil de cliente ideal que sintetize suas principais características, a empresa consegue criar melhores estratégias, atendendo as demandas de seu público. Uma maior conexão e empatia para com os clientes, resulta numa segmentação mais focada e eficiente. Além disso, conhecer a persona de seu negócio, ajuda no entendimento do valor que seu produto tem para seus clientes.


Como criar sua Persona


Basicamente, para criar sua Persona, seguem-se quatro passos:


1. Criação da pesquisa


Para essa coleta pode-se combinar diferentes métodos e instrumentos, como entrevistas e questionários. Os tipos de pesquisa mais comuns, a pesquisa quantitativa (aplicada para um número maior de pessoas, sendo mais abrangente) e pesquisa qualitativa (menos numerosa, obtendo respostas mais profundas).


2. Realização de perguntas aos clientes a fim de conhecê-los


Alguns questionamentos fundamentais são:

  • Idade, gênero, localidade, escolaridade do cliente;

  • Sua rotina, responsabilidades, objetivos e obstáculos;

  • As redes sociais mais utilizadas, assuntos de seu interesse,

  • Quais marcas costuma comprar, local onde realiza suas compras;

  • O motivo pela qual procurou a empresa, no que a empresa pode lhe ajudar.


3. Análise dos dados coletados


A análise dos dados possibilita conhecer e compreender ainda mais sobre a persona do seu negócio, auxiliando a criação de uma o mais parecida possível com o cliente ideal da sua marca. Além disso, é importante identificar padrões.


4. Criação da Persona junto de sua equipe


Procure dar a ela um nome fictício, para facilitar a conexão. Descreva sobre o dia a dia dela, sua profissão, seus hábitos de compra, seu estilo de vida, suas redes sociais favoritas, seus valores, ambições, além das dores relacionadas ao seu produto.


Após a criação da Persona, é importante que toda a sua equipe tenha em mente o cliente ideal da empresa, facilitando a criação de campanhas de marketing, relacionamento com o seu cliente e melhoria ou desenvolvimento de produtos.


Identificar a Persona do seu negócio contribui para melhores e mais eficientes campanhas de marketing, além da criação de produtos necessários ao seu público, aumentando, assim, a credibilidade e confiança dos seus clientes para com a sua empresa.


Depois de todas essas dicas, já deu pra perceber o quanto reconhecer a Persona da sua marca é importante e como ela pode ajudar a sua empresa a crescer, atraindo e fidelizando cada vez mais clientes!


Bora colocar em prática o que você aprendeu?


33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo