top of page
  • Foto do escritorEduarda Omiak Malacarne

Marcas famosas fazem restrições de IA em seus contratos com Agências de Marketing

Marcas reveem a utilização de IA Generativa em suas campanhas.


O que está acontecendo?


Agências de publicidade, que se especializam cada vez mais no uso de IA generativa, são barradas pelas marcas que estão fazendo restrições do uso da tecnologia em suas propagandas.


Um exemplo disso é a agência de marketing digital e independente, Ad Age, que ao fechar três contratos de novas campanhas, deu de cara com as restrições. Das três marcas, todas não davam permissão para a utilização de IA sem qualquer tipo de autorização prévia. 

"Não querem que usemos IA para ajudar a trabalhar em conceitos", afirma o CEO da agência.


logo da Samsung, Apple e Amazon

Dentre as marcas mais famosas que já restringiram publicamente o uso de IA em suas propagandas estão Apple, Samsung e Amazon.


Ainda sim, existem marcas que permitem que as agências de publicidade utilizem a Inteligência Artificial generativa para analisar estratégias de campanhas e debater ideias. Entre elas, estão a Coca-Cola e a Hyundai.


Mas o que é IA Generativa?

primeira imagem: carro a frente de um robô; segunda imagem: gato no espaço sideral segurando uma lata de Coca-Cola

A Inteligência Artificial Generativa, é uma ferramenta que se diferencia da Tradicional pela capacidade em criar coisas novas a partir do que já existe.


O Chat Gpt,, é um ótimo exemplo de IA Generativa, ele combina diversas informações que já existem, para trazer uma resposta pronta e nova.



Dois lados da história


Entretanto, existem muitos outros posicionamentos ao redor desse tema, há quem enxergue a utilização da ferramenta como uma desastrosa substituição da mão de obra humana, e há quem acredita que o ser humano jamais poderá ser substituído. Qual a sua opinião sobre isso?




25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page