• Felippe Gabriel

A interação entre membros de uma Empresa Júnior

Empresas Juniores, como a Criative Jr., são instituições sem fins lucrativos formadas exclusivamente por estudantes de ensino superior ou técnico, que prestam serviços à comunidade e ganham conhecimento e experiência em seu segmento mercadológico, portanto, não tratam-se de empresas tradicionais.


Estas empresas estão ambientadas em lugares diferentes, são formadas por pessoas diferentes e possuem dinâmicas diferentes entre seus/suas integrantes.


As interações entre todos os membros de uma EJ, são fundamentais para o crescimento da empresa. Mas e então, você sabe como aumentar e melhorar essa interação? Confere as nossas dicas aqui em baixo!


Uma observação muito importante: Os tópicos que serão aqui apresentados fazem parte do chamado Endomarketing, que não será completamente explorado, pois queremos trazer outra proposta.


Mesmo assim, é um setor que vem ganhando muita visibilidade e importância, e pensando nisso, convidamos vocês a acompanharem a Victoria Jesus de Souza no Instagram, dona do perfil @jornadacolaborador e autora do e-book “Jornada do Colaborador”.


No perfil e no livro, são abordados os conceitos e características do Endomarketing, assim como as etapas para criação de campanhas e alguns casos realizados por ela. Vale a pena conferir!


É inegável que as interações sociais de todos se modificaram decorrente dos acontecimentos atuais do mundo. E não foi diferente para os universitários, que muitas vezes nem chegaram a entrar em sala de aula e conhecer seus novos colegas. Mesmo assim tudo continuou, assim como as empresas juniores.


Agora imagine: começar a trabalhar remotamente em equipe com muitas outras pessoas que nunca viu na vida, para realizarem trabalhos contratados, tudo por meio do engessado ambiente virtual. É quase impossível se manter no virtual sem aprofundar as interações, não é mesmo?


Porém, não deve-se pensar que apenas com o tempo tudo melhora e as relações vão se construindo. Isso acontece sim, mas não com todo mundo e nem com o potencial que poderia acontecer. Para tal, é preciso ferramentas que auxiliem e potencializem as interações entre os membros, e vamos te mostrar algumas delas:


Feedbacks


A prática de dar e receber feedbacks tem ganhado cada vez mais espaço nos ambientes de trabalho, pois, mais do que nunca, estamos preocupados em como somos vistos e vistas pelos outros.


Mas para produzir um feedback bacana e que sirva para quem o recebe, precisamos ter o mínimo de conhecimento sobre quem vamos avaliar. É impossível fazer elogios ou críticas a quem nunca interagimos, o mínimo que seja.


Dessa forma, os feedbacks, além de serem muito importantes para a manutenção do clima organizacional de uma empresa, “forçam” os membros a interagirem e se conectarem, para que possam produzir comentários muito mais proveitosos e embasados.


Existem muitas formas dessa dinâmica ser implementada. A mais simples é muito eficiente, e trata-se do feedback face a face, no qual membros conversam e lançam suas visões a respeito do outro sem intermediários.


Isso muitas vezes não acontece por vontade dos membros envolvidos e por muitos outros motivos, mas com certeza pode ser estimulado entre todes para que as práticas se tornem mais comuns e naturais.


Outra forma acontece por meio do uso de ferramentas online nas quais os membros escrevem comentários a respeito uns dos outros, anonimamente ou não. Vale destacar que o intermédio entre os membros é muito importante neste formato, para que nenhum comentário seja interpretado de forma equivocada ou cause reações não pretendidas.


Feedbacks sinceros e construtivos aproximam os membros, fazendo com que todos se conheçam mais e vejam como cada um enxerga o outro, por isso são tão importantes!


gif

Imersões


Sabe aquele rolê (e não rolé) com amigos em que você fica o dia inteiro com eles fazendo todo tipo de coisa? As imersões são mais ou menos isso. Mas calma, não necessariamente você precisa ficar 24h junto com seus colegas de EJ, a menos que queira.


O mais comum de acontecer é juntar todos durante uma tarde para realizarem atividades descontraídas e divertidas em grupo, com o intuito de relaxar e se conectar a partir de assuntos fora do “mundo empresa júnior”.


Assistir a um filme, jogar games online (como os famosos Gartic e Stop), jogos de perguntas, bater um papo sobre qualquer tema e até mesmo dinâmicas mais elaboradas, combinadas previamente e executadas no dia marcado. Pode ser qualquer tipo de coisa!


Esses dias também podem ser aproveitados para tratar alguns assuntos da empresa que sejam mais importantes e também para a troca de conhecimentos. Na Criative já trouxemos pessoas de outras EJ’s para realizarem treinamentos, mas isso pode ser feito pelos próprios membros também.


Outra utilidade das imersões é a imersão de fato de novos integrantes, para que se ambientem, conheçam os novos colegas e saibam como funciona o clima da empresa.


Mas lembre-se, o mais importante sempre é a descontração e a maior conectividade dos membros, sempre explorando assuntos além da empresa.



gif

Dinâmicas


Realizar dinâmicas entre os membros é muito importante para manter a interação e a descontração sempre de um jeito diferente.


Não precisam ser encontros com data e hora marcadas e se parecem com as campanhas internas existentes nas empresas tradicionais (e às vezes até são mesmo). Para que elas sejam feitas é necessário uma equipe para estruturá-la e divulgá-la.


Um bom exemplo são as campanhas do Outubro Rosa e Novembro Azul tão comuns em várias instituições.


São dinâmicas que possuem um tema e que podem ser abordadas de inúmeras formas, desde palestras, brincadeiras, depoimentos, distribuição de panfletos, entre outras, e que servem para a conscientização dos colaboradores a respeito de assuntos tão importantes. Essas campanhas propriamente ditas também podem ser aplicadas em EJ’s.


Também podem ter como referências datas comemorativas durante todo o ano, das mais conhecidas até as mais estranhas (como o Dia Mundial do Toalete hahaha). O importante mesmo é colocar os membros para realizarem algumas atividades e escolher o melhor jeito de aplicá-las.


Para exemplificar melhor, vamos mostrar uma dinâmica que está acontecendo neste momento na Criative Jr. Dia 13 de julho é o Dia Mundial do Rock e pensando nisso, a Diretoria responsável pelas dinâmicas elaborou uma batalha de playlists entre os membros.


Cada um listou suas músicas favoritas e os seguidores do Instagram escolhem as melhores delas.


Realizar diferentes atividades durante todo o ano é uma forma muito eficiente de proporcionar a interação e a descontração entre os membros de inúmeras maneiras, sempre inovando e despertando o interesse de todos.


Priorizar encontros descontraídos


A rotina de uma empresa júnior é repleta de reuniões para todos os membros, não importando seu cargo. Então imagine uma semana inteira com reuniões todos os dias e todas elas sendo maçantes e desanimadoras, sem nenhum espaço para nada além das pautas profissionais. Muito ruim, não acha?


Mas há uma solução muito simples para isso: em todos os encontros é importante abrir espaço para momentos leves e descontraídos, para que todos fiquem mais à vontade e dispostos a participarem das reuniões. Um simples bate-papo antes dos assuntos importantes já ajuda muito, e manter um clima leve durante a reunião também é essencial.


As ferramentas descritas até agora dizem respeito ao coletivo de uma empresa júnior, porém, a conectividade dos membros não se faz apenas a partir de ações coletivas, mas também de acompanhamentos individuais.


É essencial que haja uma Diretoria designada para isso e o acompanhamento individual dos membros deve ser contínuo. É importante deixar claro que a Diretoria está aberta para todes e funciona com uma organizadora interna, na qual todos os assuntos internos devem passar, inclusive os dos membros, caso se sintam à vontade.


Dar suporte a eles contribui para o sentimento de acolhimento e pertencimento, para isso, a Diretoria pode realizar periodicamente reuniões individuais, abordando questões específicas e coletivas. Também é preciso ficar atento caso sinta que alguém precise de algum suporte.


Quanto mais seguros e acolhidos os membros estiverem, mais leves e descontraídas vão ser as interações.


E você, que faz parte de uma empresa júnior, acredita que os membros estão conectados e interagindo da melhor forma possível? Esperamos que essas dicas te ajudem a alcançar isso!


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo